Notícias

Cinco funcionários do governo norte-coreano foram executados após fracasso em negociações com os EUA

Um jornal com circulação na Coreia do Sul, informou nesta sexta-feira (31), que o regime de Kim Jong-un executou cinco funcionários do governo norte-coreano após o fracasso das negociações com os Estados Unidos sobre a questão nuclear. Uma das vítimas seria o emissário especial para os Estados Unidos, Kim Hyok-chol. A informação é do Notícias ao Minuto.

Hyok-chol foi morto por supostamente ter “traído o líder supremo”. Ele foi executado junto com outros quatro funcionários do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

A tradutora de Kim Jong-un no encontro, foi enviada para uma prisão com trabalhos forçados. Ela não teria traduzido uma proposta de Kim Jong-un para o presidente americano Donald Trump, quando o chefe de estado dos EUA disse que não havia acordo e levantou-se da mesa.

LEIA MAIS;

EMPREGO: Vagas de emprego para Sexta Feira (31.05) – Confira Lista

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.