Comunidade

CENTRO CULTURAL BOCA DE BRASA QUABALES LANÇA OFICINAS DE VIDEO, FOTOGRAFIA E MÚSICA COM PARTICIPAÇÃO DE ARTISTAS INDEPENDENTES

O Centro Cultural Quabales, no próximo dia 11 de dezembro, as 16h, lançará as oficinas de Vídeo, Fotografia e LAB & Orquestra Sustentável dentro do Diálogos Boca de Brasa, que realizará um bate-papo e pocket-show com  os artistas independentes Mr. Armeng, Grupo Quabales, As VisiOOnárias e Elivan Nascimento. As inscrições vão de 11 a 18 de dezembro, no Centro Cultural Quabales, das 14h às 17h. O evento integra a programação do Espaço Cultural Boca de Brasa – Quabales, com financiamento do edital Espaços Culturais Boca de Brasa – Ano II, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura de Salvador.
As oficinas acontecerão 2 x por semana, das 13h30 às 17h30, para jovens de 14 a 19 anos, que já concluiram ou estudem em escola pública.  Durante 10 meses, os participantes vão se formar nas seguintes oficinas:
LAB e Orquestra Sustentável Percussiva – Criar uma orquestra musical sustentável, onde os participantes criem e toquem os instrumentos feitos de material reciclado.
Vídeo – A oficina técnica e prática em vídeo para a produção musical. Ao final, os participantes produzirão videoclipes para artistas independentes de Salvador.
Fotografia – A oficina trabalhará com princípios da fotografia analógica e digital, focando na fotografia digital, produzindo ensaios fotográficos com artistas independentes de Salvador.
O projeto realizará, ao longo das atividades, os seguintes eventos abertos para a comunidade: Diálogos Boca de Brasa, Cineclube Boca de Brasa e Palco Aberto Boca de Brasa.
Boca de Brasa
Desde 2013, a Fundação Gregório de Mattos desenvolve ações que visam a promoção e produção cultural pelos diversos pontos da cidade, no intuito de descentralizar as atividades em Salvador. Criado em 1986, o projeto Boca de Brasa visa fomentar a cultura na periferia, com foco na promoção da cidadania, por meio do incentivo às manifestações artísticas dos bairros da capital baiana. Em 2013, a ação recebeu um novo formato, que contempla oficinas gratuitas de diferentes áreas artísticas, bem como formação de gestores. Até 2016, foram realizadas 21 edições, com público total de 42 mil pessoas, 120 oficinas realizadas e 2.300 agentes culturais atendidos em 20 bairros. Em 2017, a FGM lança o edital Espaços Culturais Boca de Brasa, concedendo aporte financeiro a três propostas voltadas ao aprimoramento, dinamização e/ou ampliação das atividades artístico-culturais desenvolvidas em espaços culturais já existentes. Em 2018, esses espaços funcionaram com atividades financiadas pelo edital, sendo considerados Espaços Culturais Boca de Brasa. Em 2019, em sua segunda edição, o edital premia mais quatro espaços da cidade que recebem aporte financeiro onde eles passam a ser identificados, até o mês de outubro 2020, como Espaços Culturais Boca de Brasa.

LEIA MAIS;

Senado deve votar projeto que proíbe sacrifício de animais de rua

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.