Politica

Bruno Reis é eleito prefeito em Salvador

O candidato Bruno Reis (DEM) foi considerado prefeito eleito de Salvador com 63,61%%, na noite deste domingo (15), com 70.03%% das urnas apuradas. A Major Denice Santiago (PT), que obteve 18,82% até o momento, reconheceu a derrota em coletiva de imprensa no comitê de campanha, localizado na Avenida ACM. Não há mais chance de segundo turno. “Nós saímos muito maiores do que entramos. Eu estou muito maior. Estou extremamente realizada como pessoa, mulher, negra periférica”, declarou a petista, que foi ovacionada pelos correligionários no local.

O amigo e “aprendiz” do prefeito ACM Neto (DEM) terá o desafio de governar a primeira capital do Brasil pelos próximos quatro anos. Ele terá como vice a ex-secretária Ana Paula Matos (PDT).

Começando cedo na vida pública, Bruno militou ativamente no grêmio estudantil. Em 1997, foi aprovado no curso de Direito, na Universidade Católica do Salvador (UCSAL), onde fez parte do Diretório Acadêmico, assim como do Escritório Modelo, no qual atuou oferecendo assistência jurídica gratuita a pessoas de baixa renda.

O vice-prefeito foi estagiário na Câmara de Vereadores, em 1998, tornando-se, depois, assessor na mesma instituição. Cargo que também ocupou na Secretaria de Educação do Estado da Bahia e no Congresso Nacional, auxiliando o então deputado federal ACM Neto, com quem trabalhou desde o início de 2000, tendo sido o primeiro assessor do atual prefeito de Salvador. Quando ACM faleceu, Bruno assessorou o seu suplente no Senado Federal, ACM Júnior.

Em 2010, Bruno Reis chegou à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) pela primeira vez, com 55.267 votos. Em 2014, foi reeleito deputado estadual, com uma das mais expressivas votações do estado (89.607).  Foi escolhido Destaque Parlamentar de 2011 e 2012.

No início de 2015, atendendo a um convite do prefeito ACM Neto, Bruno assumiu a Secretaria de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps). À frente da pasta, lançou diversos projetos, como o Morar Melhor, Primeiro Passo e Cuidar, conhecido como o SAC dos pobres. Ele ainda ampliou o serviço de acolhimento à população em situação de rua e ajudou a criar o auxílio emergência para indenizar as vítimas das chuvas.

Em 2019, Bruno assumiu a secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas de Salvador, ajudando a tocar importantes projetos para a capital baiana, a exemplo do Morar Melhor, do BRT, do Centro de Convenções, da requalificação do Centro Histórico, da Bacia do Mané Dendê e de diversos trechos de orla, além de empreendimentos de habitação popular, como a Vila Barro Branco, de reurbanização de córregos e canais e de recuperação de pontes e viadutos.

O prefeito eleito disputou o pleito de 2020 contra outros oito adversários: Pastor Sargento Isidório (Avante), Olívia Santana (PCdoB), Major Denice Santiago (PT), Cezar Leite (PRTB), Bacelar (Podemos), Hilton Coelho (PSOL), Celsinho Cotrim (PROS) e Rodrigo Pereira (PCO).

Bruno Reis é casado com Rebecca Cardoso, que passa a ser a primeira-dama do município, e tem três filhos.

 

Fonte: BNews

 

LEIA MAIS; Governo da Bahia assina contrato para construção da ponte Salvador-Itaparica

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.