Bahia

Bolsa Família: 127 mil beneficiários podem perder auxílio em Salvador

Os beneficiários do Bolsa Família em Salvador têm até o dia 30 de dezembro para realizarem o acompanhamento obrigatório da saúde, sob risco de perder o auxílio social. No total, aproximadamente 127 mil pessoas precisam comparecer a um dos 140 postos da capital.

Apesar dos esforços durante todo o ano, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), destaca que pouco mais de 44% dos 229 mil beneficiários que residem no município compareceram às unidades de saúde até o momento.

Segundo a SMS, as famílias que possuem dentre seus dependentes crianças menores de sete anos, mulheres em idade fértil (14 e 44 anos) e gestantes de qualquer idade, devem comparecer a um dos 140 postos da rede básica, de segunda a sexta-feira, sempre das 08 às 17 horas.

Os beneficiários devem levar o cartão do Bolsa Família onde consta o Número de Identificação Social (NIS), a caderneta de vacinação das crianças e a caderneta do pré-natal das gestantes.

“É importante que as pessoas compareçam o quanto antes aos postos e não deixem a realização do acompanhamento para última hora para evitar filas e possíveis transtornos. Vale lembrar que de acordo com a legislação, o não cumprimento das condicionalidades prevê efeitos que vão desde advertências aos beneficiários até o bloqueio ou a suspensão do recebimento do benefício”, explica Kênya Lima, técnica da Atenção Básica.

Mutirão

Para ampliar o acesso da população ao serviço, e evitar filas de última hora, neste sábado, 14, das 8h às 17h, a SMS disponibilizará diversos pontos espalhados pela cidade exclusivamente para o atendimento do Bolsa Família. As condicionalidades exigidas para continuidade de recebimento do Bolsa Família são: acompanhamento do calendário vacinal; pesagem e mensuração da estatura das crianças, além da realização de pré-natal, no caso das gestantes.

 

LEIA MAIS;

Bolsa Família: pagamento do 13º começa nesta terça-feira (10); confira calendário

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.