EconomiaSalvador

Beneficiários de Salvador formam fila para cadastro em programa social; secretaria explica migração do antigo Bolsa Família

Sempre, secretaria responsável pelo recadastramento na capital baiana, reforça que migração dos beneficiários será automática. Por g1 BA e TV Bahia

Beneficiários de programas sociais do governo federal formaram uma longa fila na manhã desta quarta-feira (10), em frente à Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), no bairro do Comércio em Salvador.

Muitas pessoas relataram que precisam fazer o recadastramento do antigo Bolsa Família. No entanto, outras, estão preocupadas com a mudança do programa social, já que agora ele passou a a ser o Auxílio Brasil.

Os beneficiários estão receosos com a necessidade de fazer um novo cadastro, já que o programa é novo. Diante da situação, a prefeitura de Salvador, através da Sempre, alerta que a migração do Bolsa Família para o Auxílio Brasil é automática para todos que estão ativos na base de dados do Bolsa Família.

Beneficiários de programas sociais do governo federal formaram uma longa fila na manhã desta quarta-feira (10), em frente à Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), no bairro do Comércio em Salvador.

Muitas pessoas relataram que precisam fazer o recadastramento do antigo Bolsa Família. No entanto, outras, estão preocupadas com a mudança do programa social, já que agora ele passou a a ser o Auxílio Brasil.

Os beneficiários estão receosos com a necessidade de fazer um novo cadastro, já que o programa é novo. Diante da situação, a prefeitura de Salvador, através da Sempre, alerta que a migração do Bolsa Família para o Auxílio Brasil é automática para todos que estão ativos na base de dados do Bolsa Família.

Força-tarefa

 

Para atendimento ao público, a Sempre promoveu uma força-tarefa. O atendimento pode ser de forma presencial, das 8h às 17h, na sede da secretaria, localizada na Rua Miguel Calmon, no Comércio, ou nos pontos do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) em Ilha de Maré, Ceasa, Itapuã, São Cristóvão, Lagoa da Paixão e Cajazeiras.

O serviço também é realizado nas unidades das Prefeitura-Bairro Centro/Brotas, Barra/Pituba, Subúrbio/Ilhas, Itapuã/Ipitanga, Valéria, Pau da Lima, Cabula/Tancredo Neves, Cidade Baixa, Cajazeiras e Liberdade/São Caetano. Neste caso, é necessário fazer agendamento prévio pelo site.

Além disso, o CadÚnico Itinerante passou a funcionar diariamente, percorrendo os bairros periféricos de Salvador para levar os serviços à população. A força-tarefa da Sempre para atendimento à demanda também envolve o Núcleo de Ações Articuladas para População em Situação de Rua (Nuar), no Comércio, que resolve os casos dos usuários classificados como prioridade.

Auxílio Brasil

 

Após 18 anos, o programa Bolsa Família foi substituído pelo Auxílio Brasil, criado pelo governo federal para atender as famílias em situações de vulnerabilidade. A previsão é que cerca de 17 milhões de famílias sejam beneficiadas com o novo programa.

De acordo com o governo federal, quem estava inscrito no programa anterior deverá receber a primeira parcela do Auxílio Brasil já no mês de dezembro. O valor exato ainda não foi definido, porém a estimativa é que será de, no mínimo, R$ 400, pago de dezembro de 2021 a dezembro de 2022.

Fonte: G1 BAHIA

LEIA MAIS;

Rui Costa se manifesta contra prazo de 5 dias para confirmação do Carnaval em Salvador

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.