Esporte

Bellintani diz que não vai se envolver na eleição de Salvador em 2020

De acordo com o dirigente tricolor, o desempenho ruim do Bahia na segunda metade do Campeonato Brasileiro não interferiu na decisão de não ser candidato

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, declarou que não irá se envolver na eleição de Salvador em 2020 após ter decidido que não iria concorrer ao cargo de prefeito. Em entrevista ao jornal Tribunal da Bahia, publicada hoje (20), o dirigente tricolor não descarta concorrer à disputa em 2022, quando será eleito o próximo governador da Bahia, além de deputados estaduais, federais e postulantes ao Senado.

“É longe demais. Se eu não sei nada de 2020, imagina de 2022. Tudo depende de como as coisas vão acontecer. Até lá, eu tenho um trabalho para finalizar no Bahia”, comentou.

Segundo Bellintani, o desempenho ruim do Bahia na segunda metade do Campeonato Brasileiro não interferiu na decisão de não ser candidato. O tricolor encerrou a participação na Série A em 2019 com 49 pontos, estacionado na 11ª posição da tabela.

“O que me motivou a não ser candidato foi o compromisso de concluir o mandato. Esse compromisso precisaria seguir firme independente dos resultados em campo. Não tem influência absolutamente nenhuma”, declarou à Tribuna.

O presidente tricolor ainda comentou uma possível divulgação de apoio a algum candidato na eleição de 2020. Na avaliação dele, não cabe uma visão de “curral eleitoral” e que ninguém é dono dos votos dos eleitores. “A partir do momento que eu decido não ser candidato, o eleitor vai pensar melhor e vai ver qual o outro candidato que representa o projeto político que imagina para a cidade. Eu não tenho poder nenhum de usar o voto de eleitor para transferir para outro. Não cabe a mim sair apoiando ninguém”, afirmou Bellintani.

 

LEIA MAIS;

Funcionários do Vitória estão sem receber salário, férias e 13º; diretoria bloqueia reportagem

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, precisamos de anúncios para que possamos continuar te mostrando informações de credibilidade. Recomendamos que você desative o Adblock.