Politica

Bebianno se frustra com “fritura” do clã Bolsonaro: “Não se dá um tiro na nuca do seu próprio soldado”

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, não escondeu a insatisfação com a exposição pública a que foi submetido nos últimos dias pelo clã Bolsonaro.

“Não se dá um tiro na nuca do seu próprio soldado. É preciso ter um mínimo de consideração com quem esteve ao lado dele o tempo todo”, disse o ministro a pessoas próximas, segundo o blog do jornalista Celso Camarotti no G1.

O ministro está chateado com o fato do presidente ter tomado partido do filho, o vereador Carlos Bolsonaro, na polêmica levantada pela Folha de S. Paulo sobre candidatos “laranjas” do PSL.

“Não vou sair escorraçado pela porta dos fundos”, disse o ministro, alegando que se Bolsonaro quiser se livrar dele terá que lidar com o desgaste público de trocar uma peça-chave do governo nos primeiros meses de mandato.

Bebianno foi fundamental na campanha de Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto. À época das eleições, o ministro era presidente do PSL, partido do presidente e foi um dos coordenadores da caminhada vitoriosa do militar na corrida eleitoral.

Foto: Reprodução

LEIA MAIS;

MUDANÇAS: 12 linhas de ônibus são alteradas de ponto na Avenida ACM por obras do BRT; confira

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios