Politica

Após negociação com servidores, Rui Costa decide não extinguir a Conder

Através da assessoria, o governador Rui Costa (PT) decidiu não extinguir a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), após uma negociação envolvendo os servidores do órgão. O anúncio foi feito na noite desta quarta-feira (30).

A extinção da Conder estava prevista na reforma administrativa aprovada em dezembro do ano passado e aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). Segundo o G1, apenas a extinção de cargos 1.834 mil cargos comissionados foi completamente executada. Outras demandas estão em andamento, de acordo com o estado.

Confira a relação abaixo (por G1):

– Extinção do Centro Industrial Subaé (CIS) para se transformar em superintendência integrada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE): em fase de conclusão, com últimas exonerações sendo publicadas neste mês. Atribuições desta área foram incorporadas à Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

– Extinção da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic) para se transformar em superintendência integrada também à SDE: em fase de conclusão, com últimas exonerações sendo publicadas neste mês de janeiro. Atribuições desta área foram incorporadas à Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

– Extinção da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder): Governador decidiu não extinguir o órgão, após negociação com servidores.

– Bahia Pesca poderá ser adquirida pela iniciativa privada ou ser gerida por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP): ainda não foi vendida, mas também, segundo o governo, não seria algo de imediato.

– Extinção de cargos comissionados: já extintos.

– Redução do número de diretorias e extinção de cargos de presidente de empresas: em andamento.

– Reestruturação de empresas e autarquias, como Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Agência de Defesa Agropecuária Da Bahia (Adab), Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), Conselho de Administração da Empresa Gráfica da Bahia (EGBA), Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (Inema), Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb) e Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon): em andamento.

Foto: Reprodução

LEIA MAIS;

Petrobras vende refinaria de Pasadena para empresa francesa

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios