Justiça

Total de adolescentes com título de eleitor é 30% menor que em 2018

Apesar da alta adesão nos três primeiros meses do ano, o número de adolescentes cadastrados ainda é inferior ao das duas últimas eleições

Apesar da turbinada no número de novos cadastros de Títulos Eleitorais, registrada nos três primeiros meses deste ano, o número de adolescentes com 16 e 17 anos que tiraram o documento ainda é muito baixo em comparação ao mesmo período de 2018 e 2014, anos que tiveram eleições gerais.

Segundo dados da Justiça Eleitoral, até março deste ano, 1,051 milhão de cidadãos nessa faixa etária estavam habilitados para a votação. Em 2018, eram 1,5 milhão; e, em 2014, 1,8 milhão.Em 2014, a taxa de eleitores habilitados em março era 42,3% maior do que o índice registrado neste ano. Em 2018, pleito no qual o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi eleito, a quantidade de Títulos Eleitorais aptos para esta faixa etária era 30,7% maior.

Diante da situação, artistas, influencers e os próprios órgãos estaduais e nacionais estão encabeçando campanhas voltadas para os jovens, com o objetivo de incentivá-los na mudança de comportamento.

 

LEIA MAIS;

VÍDEO: Policial federal surta em posto de gasolina e mata uma pessoa; outras três ficaram feridas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.