Esporte

Seleção Brasileira começa a se apresentar para amistosos; Tite enquadra Neymar

A seleção brasileira começou a tomar forma pela primeira vez em 2019. O goleiro Ederson e o atacante Gabriel Jesus, dupla do Manchester City, e o meia Felipe Anderson, do West Ham, foram os primeiros jogadores que se apresentaram ao treinador em Porto, onde a equipe vai enfrentar o Panamá no próximo sábado.

A expectativa é de que os outros jogadores chamados por Tite se apresentem nesta segunda-feira, mas há uma dúvida e uma exceção. O lateral-direito Daniel Alves deixou o duelo entre PSG e Olympique de Marselha lesionado, ainda no primeiro tempo, reclamando de dores no joelho.

Além disso, o atacante Everton está previsto para desembarcar em Portugal apenas na terça-feira (19). O jogador gremista iniciou o clássico contra o Internacional, neste domingo, pelo Campeonato Gaúcho, no banco de reservas.

O primeiro treino da seleção está marcado para 14h desta segunda-feira (18) no Estádio do Bessa, onde costuma atuar o Boavista. A intensidade e o tipo de trabalho a ser realizado dependerá da avaliação pela comissão técnica da condição física dos jogadores.

Após enfrentar o Panamá no sábado (23), a seleção viaja até Praga, onde fará amistoso contra a República Checa no dia 26. Serão os últimos jogos da equipe antes de Tite fazer a convocação para a Copa América.

NEYMAR

O plano da comissão técnica da Seleção Brasileira é ter o atacante Neymar mais concentrado nas seis partidas da Copa América em junho no Brasil. Isso faz parte também da estratégia da comissão tirar o peso dos ombros dos jogadores de atuar de novo em casa, diante da torcida, com pressão pelas vitórias e conquista. “Queremos ressaltar a alegria que vai ser jogar no País”, disse Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF, no programa Bola da Vez, da ESPN Brasil.

As palavras de ordem continuam sendo comprometimento e entrega. Há, no entanto, uma expressão nova que Tite vai usar a partir desta segunda-feira e que se aplica bem a Neymar: o que o jogador pode emprestar para a seleção? A resposta é a mesma de antes da Copa, mas com mais de cobrança. Neymar é o principal jogador do Brasil e sua qualidade técnica e de grupo, de acordo com Edu, é fundamental para resgatar o elenco e fazer uma boa competição no Brasil. O erros de Tite na gestão serão corrigidos.

LEIA MAIS;

Bolsonaro conversará com ACM Neto sobre reforma da Previdência

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios