Comunidade

População continua sem médicos no Posto de Saúde da Santa Cruz

Posto de saúde da Santa Cruz, em Salvador, não tem atendimento médico há mais de trinta dias.

Os pacientes da Unidade de Saúde Osvaldo Caldas Campos, do Bairro da Santa Cruz, amargam as consequências dos déficits de médicos na unidade.Tem gente que tenta fazer uma consulta no local e não consegue. Há mais trinta dias, o posto de saúde segue sem o atendimento médico.

A dona de casa Ana Carolina dos Santos está com vários exames para mostrar o resultado, mas toda vez que procura pelo profissional na unidade, a resposta que ela encontra é sempre a mesma: “Manda eu me deslocar para a unidade do antigo 5º Centro, no Vale dos Barris”, disse

Pro conta do problema, os moradores do bairro precisam se deslocar para outra localidade, em busca de atendimento, ou então se dirigir ao Hospital Geral do Estado ou às Unidades de Pronto da Atendimento (UPA), mas próximo do bairro.

A Secretaria de Saúde de Salvador informou a imprensa no mês passado, por conta do episodio do dia 10 de dezembro, no ano passado, quando supostos criminosos invadiram a unidade e fizeram funcionários reféns, os profissionais que atendiam no posto de saúde se recusam a voltar para está unidade, alegando falta de segurança.

Segundo os moradores, já tem mais de trinta dias que o posto se encontra aberto, com reforço de duas viaturas da 40°CIPM – Nordeste de Amaralina  “O prefeito determinou o reforço de segurança no Posto de Saúde da Santa Cruz, agora cadê os médicos?”, questionou a dona de casa Rosângela.

Por duas vezes a nossa equipe ‘União Notícias’, tentou contato com a Secretaria de Saúde, mas até o fechamento desta edição o órgão municipal não se pronunciou a respeito.

Foto: União Notícias

LEIA MAIS;

EMPREGO: Vagas de emprego para Terça Feira (05.02) – Confira Lista

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios