Brasil

Em protesto, Sindpetro diz que não há justificativa econômica para fechamento da Petrobras

O diretor de comunicação do Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro), Radiovaldo Costa, afirmou que não há justificativa econômica para o fechamento do prédio da Petrobras na Bahia, na Torre Pituba, durante protesto realizado na manhã desta segunda-feira (16).

“O fechamento do Petrobras na Bahia é uma decisão política da direção e do governo, não há nenhuma justificativa técnica e econômica. A Petrobras tem, infelizmente, priorizado investimento no Sudeste e essa prioridade deixa o Nordeste em segundo plano”, disse, ao BNews.

Ainda conforme Radiovaldo, o sindicato vai se mobilizar contra essa medida. “Estamos tentando resistir e mobilizar a Bahia […] Isso impacta a economia, a vida das pessoas, a arrecadação, não é uma defesa ideológica e partidária, é uma defesa da Bahia”, justificou.

O representante do sindicato explicou que a empresa informou que os “trabalhadores serão transferidos ou terão que aderir a um plano de demissão voluntária”. Conforme ele, “a maioria esmagadora da categoria não tem interesse de se transferir para outro estado. Isso é outro problema porque a Petrobras causa um transtorno, um assedio, uma tensão nesses trabalhadores muito grande”.

Outro ato em defesa da permanência da Petrobras vai acontecer no dia 23 de setembro, às 9h, na Assembleia Legislativa da Bahia.
Notícias Relacionadas: 

Sindicalistas organizam protesto contra novo plano de demissão anunciado pela Petrobras

 

Fonte: Radar Bahia

 

LEIA MAIS;

Festival de Verão 2020 será nos dias 1º e 2 de fevereiro, na Arena Fonte Nova 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios