Politica

Bahia tem 5 pré-candidatos ao governo do estado

Partidos começam a se movimentar para lançar candidaturas à sucessão de Rui Costa (PT) no Palácio de Ondina

Com a confirmação da pré-candidatura do secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues (PT), ao governo do estado, na última sexta-feira (11), a Bahia agora tem cinco pré-postulantes apresentados para a disputa pela sucessão do governador Rui Costa (PT) na próxima eleição.

 

Ex-prefeito de Salvador por dois mandatos e ex-deputado federal, ACM Neto (União Brasil) foi o primeiro nome a confirmar sua intenção de concorrer ao governo, logo nos primeiros meses de 2021. Seu vice e seu candidato ao Senado na chapa majoritária ainda não foram apresentados, e a previsão do anúncio é até o início do mês de abril.

 

O segundo nome a apresentar uma pré-candidatura ao governo da Bahia foi o ministro da Cidadania, João Roma. O político passou a ser visto como um representante do governo Bolsonaro na corrida eleitoral baiana assim que chegou ao Palácio do Planalto, também em 2021. Responsável pela coordenação social do Governo Federal, João Roma ainda não confirmou se sua candidatura se dará pelo Republicanos, seu atual partido, ou por alguma sigla mais alinhada com o bolsonarismo, como o PL, a quem vendo sendo ligado recentemente.

 

Já o PSOL aposta em Kleber Rosa como pré-candidato a governador. Fazendo sua estreia nas urnas, Kleber é cientista social pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), especialista em Educação Inclusiva e diversidade e Mestrando em Educação pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb), além de fundador do Movimento Policiais Antifascismo.

 

O PCB também apresentou a pré-candidatura do professor de Geografia Giovani Damico. Por não ter representantes na Câmara dos Deputados, o partido terá um pequeno tempo de propaganda na TV e no rádio.

 

Na última sexta-feira (11), o PT oficializou o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues, como pré-candidato do partido ao governo da Bahia. A decisão veio após uma semana intensa de discussões internas. Concorriam ao posto os petistas Moema Gramacho, que está em seu quarto mandato como prefeita de Lauro de Freitas, e Luiz Caetano, ex-prefeito de Camaçari e atual secretário de Relações Institucionais.

Crédito varela Net

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar

AdBlocker Detectado

Por favor desative seu Ad Blocker ou nos adicione como exceção.